Lavorare Produções | Um mapa do Vale do Silício
496
single,single-post,postid-496,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,select-theme-ver-1.7.1,wpb-js-composer js-comp-ver-4.9.2,vc_responsive
 

Um mapa do Vale do Silício

Um mapa do Vale do Silício

Causou estranheza, para alguns leitores, a afirmação que saiu por aqui, semana passada, de que o Google não é lá muito inovador em produtos de consumo.

Está aí seu maior desafio com os óculos. Há, no Vale do Silício, inúmeras empresas, de todos os tamanhos, criando um mundo novo. O Google está, certamente, entre as três mais importantes, junto a Facebook e Apple. São, as três, empresas muito diferentes uma da outra. Compreender essas diferenças é fundamental para entender como imaginam este futuro e o que podemos esperar.

Uma empresa nasce dos talentos que reúne. São eles que ditam qual sua especialidade, quais seus pontos fracos e de onde vem o dinheiro que faz. Engenheiros dentre os melhores do mundo, as três têm. E pagam, cada vez mais, muito caro por isso. O Vale vive, atualmente, uma enorme escassez de programadores. Quem não tem dinheiro em caixa para bancar altos salários não contrata ou tenta fazer muito, com pouco.

[button url=”#http://oglobo.globo.com/economia/um-mapa-do-vale-do-silicio-8380263″ style=black]Leia Mais[/button]

No Comments

Post a Comment