Lavorare Produções | História do café em 12 países
1545
single,single-post,postid-1545,single-format-standard,ajax_fade,page_not_loaded,,select-theme-ver-1.7.1,wpb-js-composer js-comp-ver-4.9.2,vc_responsive

História do café em 12 países

Foi uma cabra africana que descobriu o café? Segundo a lenda, Kaldi, um pastor de cabras que morava em um vilarejo na Etiópia, observou seus animais pastando animados, correndo de um arbusto para o outro, em busca de pequenas frutas vermelhas. Ele ficou intrigado e resolveu experimentar a iguaria.

Logo, estava alegre e contente saltitando junto com seu rebanho. O café havia sido descoberto!

O café cruzou o Mar Vermelho, e as primeiras mudas começaram a ser cultivadas no Iêmen. Então ganhou o Oriente Médio e logo depois a Europa. Na Inglaterra deixava os trabalhadores mais dispostos durante a Revolução Industrial, e na França reunia intelectuais nas cafeterias para debater política. Na Ásia, o Vietnã se tornou o maior produtor da variedade robusta, enquanto o Brasil se tornou o maior produtor mundial.

Com o tempo, o gosto pelo café foi se aperfeiçoando e o cafezinho ganhou várias versões. A mais exótica de todas é o kopi luwak da Indonésia, que é elaborado a partir das fezes de um animal.

O café se espalhou pelo mundo e ganhou um número gigantesco de apreciadores que não conseguem passar o dia sem uma dose de cafeína.

1- Etiópia
Pais onde o café foi descoberto, não se toma um simples cafezinho. O país venera tanto a bebida que existe uma cerimônia só para ela
cafe_etiopia

2 – Iêmen
As primeiras mudas de café foram cultivadas no Iêmen e de lá se expandiram pelo mundo árabe.
cafe_yemen

3 – Turquia
As primeiras cafeterias abriram em Constantinopla (atual Istambul), na Turquia, onde serviam o tradicional café turco, preparado a partir da moagem mais fina dos grãos.
cafe_turquia

4 – Indonésia
O kopi luwak é feito a partir dos grãos de plantações da Ilha de Java, na Indonésia. um quilo de kopi luwak pode chegar aos US$ 700,00.
cafe_indonesia

5 – Vietnã
O Vietnã é o principal produtor da variedade de café robusta, mais amargo e com mais cafeína do que a variedade arabica, a mais cultivada aqui no Brasil.
cafe_vietnan

6 – Itália
O café chegou na Itália pela cidade de Veneza. A partir daí se espalhou para o país e ganhou muitas versões. Uma delas foi inventada na cidade de Milão: o café expresso, conhecido e apreciado no mundo inteiro.
cafe_italia

7 – Colômbia
Na cidade de Quíndio (Colômbia) fica o Parque Nacional del Café, onde está o Museo Del Café (foto), dedicado à cultura cafeeira.
cafe_colombia

8 – Áustria
Uma lenda popular diz que os vienenses descobriram o café depois do cerco otomano de 1683.
cafe_austria

9 – França
Em um passeio por Paris, na França, é impossível não para em um de seus charmosos cafés.
cafe_paris

10 – Brasil
A demanda por café no mundo era tão grande que ele se tornou o principal produto de exportação nacional. Hoje o café continua forte e o Brasil segue como principal produtor mundial.
cafe_brasil

11 – Inglaterra
Durante a revolução industrial na Inglaterra o café e o trabalho se tornaram inseparáveis.
cafe_londres

12 – Costa Rica
O país foi o primeiro do mundo a produzir café com carbono neutro, o café dota é certificado pela organização Carbon Clear e pelo British Standards Institution (Instituto Britânico de Qualidade).
cafe_costa_rica

Leia mais Volta ao mundo em 12 cafés

Tags:
No Comments

Post a Comment